WHATSAPP: (16) 99288-3596
 
NOTÍCIAS

Técnica reduz de 40 para 5 sessões de radioterapia

24/07/2018
Da Redação| Jornal da Franca
Foto: Divulgação
Publicado po Pábolo Oliveira
 
Garantir condições dignas de locomoção e facilidades de acesso para as pessoas com limitações aos diversos locais da cidade. Essa tem sido uma preocupação constante das equipes da Prefeitura, nas suas intervenções nas vias públicas, aprimorando a estrutura existente nos espaços públicos, ampliando as guias rebaixadas, fazendo a construção de novas calçadas para circulação segura dos pedestres e também, sinalizando novos espaços para garantir prioridade nos espaços de estacionamento.
 
Nesse sentido, nos últimos dias, pelo menos nove locais diferentes foram mapeados e estão recebendo cuidados das equipes da Emdef (Empresa para o Uma nova técnica tem permitido reduzir o número de sessões de radioterapia contra o câncer de próstata. Para a doença, geralmente são previstas 40 sessões. Com o tratamento chamado de hipofracionamento moderado, chegou-se a 20. Agora, surgem no País as primeiras iniciativas de radioterapia ultra hipofracionada contra esse tipo de tumor, que reduz o número de sessões para cinco. 
 
Nesse formato, são aplicadas altas doses de radiação sobre o tumor, o que permite menos aplicações. A abordagem, também conhecida como hipofracionamento extremo ou SBRT, já é adotada contra alguns tipos de câncer, como o de pulmão. Mas é nova quando se trata do de próstata - segundo mais prevalente entre os homens. Estima-se que, neste ano, serão 68.220 novos casos da doença.
 
A opção começou a ser oferecida nos últimos meses no Hospital Sírio-Libanês e no Mãe de Deus, em Porto Alegre. Já no A. C. Camargo Cancer Center, os dois primeiros casos de SBRT foram feitos este mês. "Os benefícios são menor tempo de tratamento, menos transtorno (do paciente) com deslocamento e, muito provavelmente, melhora do índice de controle bioquímico da doença", afirma Antônio Cássio Pelizzon, líder da equipe de radioterapia do A. C. Camargo. 
 
O Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, também se prepara para aderir ao hipofracionamento extremo para o câncer de próstata, após a instalação de um equipamento inédito no País, o acelerador linear Halcyon. Além de permitir menos sessões, torna cada sessão mais rápida - cai de 25 minutos para oito. "Em vez de tratar quatro pacientes por hora, posso tratar seis. Isso amplia o acesso, agrega valor e reduz o custo da inovação", diz Rodrigo Hanriot, coordenador de radioterapia do hospital. 
 
Por enquanto, o hipofracionamento extremo é indicado para tumores restritos à próstata, de risco baixo ou intermediário. Pacientes com problemas crônicos no trato urinário não são bons candidatos - estudos mostram que, especialmente nesse grup

AV. DISTRITO FEDERAL, 1341 - SÃO JOSÉ - FRANCA-SP | TELEFONE: (16) 3720-9309

©2017 VIDA NOVA FRANCA - Todos os direitos reservados - desenvolvido por Alsite Design