Home » Notícias » Projeto Harpa Verde

Projeto Harpa Verde

No final do ano passado, o projeto Harpa Verde dos alunos do curso Auxiliar de Escritório do Senac Franca constatou que, nos bairros Vila Teixeira, Vila Santo Antônio, Vila Santa Maria do Carmo e Jardim Boa Esperança, apenas 24% das casas possuem uma árvore plantada na calçada. Com o intuito de orientar a população sobre a importância da arborização, a iniciativa ganhou impulso com o apoio do grupo Mulheres do Brasil e de representantes do Franca + Verde. Tanto que, nesta semana, a segunda etapa entra em ação e segue até 27 de abril.

Divididos em 13 duplas, os alunos das turmas 69 e 70 do programa Aprendizagem do Senac, que darão sequência ao projeto, visitarão moradores dos bairros monitorados pela pesquisa para orientarem sobre os benefícios de valorizar as áreas verdes e questionarem o interesse de plantarem uma árvore na calçada. “Estamos atuando junto aos alunos para direcioná-los sobre como abordar as pessoas, pois muitas acham que o plantio de mudas pode estragar a calçada e trazer problemas”, diz Paulo Henrique da Silva, do Franca + Verde, projeto social focado no plantio de árvores em praças e portas de residências.

Paulo ainda explica que “o primeiro passo é fazer um cadastro dos interessados, depois o importante é mostrar os tipos adequados para as áreas e os cuidados necessários para evitar a expansão excessiva”. Na sequência, as orientações sobre os bons resultados dessa ação são imprescindíveis, como a redução da temperatura do ambiente e melhora da umidade do ar.

A expectativa é plantar mais de mil mudas na região. “Os jovens estão entusiasmados com a iniciativa e empenhados em aprender mais sobre questões ambientais. A proporção que o projeto ganhou foi uma surpresa, todos estão muito satisfeitos”, destaca Tatiana Moscardini, uma das docentes do Senac Franca responsáveis pelo Harpa Verde.

Também de acordo com Tatiana, apesar dos apoios, os alunos atuam como protagonistas, sendo responsáveis por todo o planejamento da ação. “Elaboraram o cronograma das etapas, desenvolveram sistemas de avaliação e definiram prioridades. É um aprendizado único”.

Para Elaíse de Mello Barbosa, uma das coordenadoras do Mulheres do Brasil – grupo composto por mulheres de todo o país que discute e propõe ações ligadas à educação, empreendedorismo, sustentabilidade e projetos sociais -, é gratificante auxiliar uma iniciativa que promoverá mudanças significativas na comunidade. “Ficamos sabendo do Harpa Verde e vimos a oportunidade de nos juntarmos ao Senac para fazer acontecer algo positivo para a população, o plantio de mudas. O envolvimento dos alunos e a criatividade das ações são exemplares”. A doação das mudas será feita pelo grupo com o apoio de patrocinadores.

Mais informações pelo telefone (16) 3402-4100 ou pessoalmente no Senac Franca.


SENAC

Autor: vidanova