WHATSAPP: (16) 99288-3596
 
SANTO DO DIA

Santos Adriano e Natália

08/09/2019
Adriano e Natália casaram um ano antes de seu martírio sob o Reinado de Maximiano [305-311]. O Imperador oferecia uma recompensa para todos cuja denúncia levasse à prisão de cristãos. Desse modo, 23 cristãos foram capturados em uma caverna próxima à Nicomédia. Eles foram torturados, instados à apostasia e depois levados diante do Pretório com o intuito de que entregassem mais irmãos de fé. Adriano, prefeito do Pretório, vendo como aquele povo sofria corajosamente por sua fé, e quão firme e destemidamente confessavam a Cristo, converteu-se e disse aos escribas encarregados do registro dos nomes dos prisioneiros que também acrescentassem o seu. Uma vez informado do que ocorrera, o Imperador mandou chamar Adriano e o interrogou. Diante das respostas do recém-convertido, atirou-o na prisão. Sua mulher, Natália, ao saber que seu marido sofria por Cristo regozijou-se, pois era cristã em segredo. Ela foi à prisão e encorajou Adriano, dizendo-lhe que tudo que era mundano não passava de pó e cinzas e que apenas a fé e as boas ações eram agradáveis a Deus. Santo Adriano foi libertado dias depois e lhe foi permitido avisar sua esposa do dia de sua execução. Neste dia, o santo foi cruelmente torturado, e o Imperador lhe pediu que tivesse piedade de si mesmo e clamasse aos deuses. Mas o mártir não teve sua vontade quebrada, e em todos os momentos era encorajado por Santa Natália. O executor ordenou que os braços e pernas dos santos fossem quebrados. Eles pretendiam queimar os mártires mas uma tempestade que se aproximava apagou as fogueiras. Santa Natália conseguiu pegar uma das mãos de seu marido e a levou para casa como relíquia. Logo, um comandante pediu aprovação do Imperador para casar com a jovem e rica viúva. Mas ela fugiu para Argyroupolis, uma cidade próxima a Bizâncio, para onde um cristão chamado Eusébio havia levado as relíquias dos mártires de Nicomedia. Ali Santo Adriano lhe apareceu em um sonho e ela adormeceu no Senhor.
 
 
Tropário
 
Teus santos mártires Adriano e Natália, ó Senhor,
através do sofrimento receberam uma coroa incorruptível de Ti, nosso Deus.
Por terem sua força, eles colocaram a baixo seus adversários,
e se quebrou a audácia impotente dos demônios.
Através de sua intercessão, salve as nossas almas!
 
Kondakion
 
Mártir de Cristo, Adriano,
guardaste as palavras de tua piedosa e devota esposa Natália em teu coração.
Com ela tu aceitaste todos os tipos de sofrimento e conseguiste a coroa da vitória!

AV. DISTRITO FEDERAL, 1341 - SÃO JOSÉ - FRANCA-SP | TELEFONE: (16) 3720-9309

©2017 VIDA NOVA FRANCA - Todos os direitos reservados - desenvolvido por Alsite Design