NOTÍCIAS

Copa do Mundo 2018

13/11/2017
Da Redação | Portal Globo Esporte
Foto: FIFA/Divulgação
 
Uma velha conhecida está de volta à Copa do Mundo. A Telstar, bola usada em 1970, no México, e em 1974, na Alemanha, vai desfilar nos gramados dos 12 estádios do Mundial da Rússia a partir de 14 de junho, data do jogo de abertura no Luzhniki. Fabricante da denominada Telstar 18, a Adidas lançou o modelo nesta quinta-feira, em Moscou, com a participação de Messi, Kaká, Zidane, Del Piero, Podolski e Xabi Alonso no evento.

Inspirada na tradição, com os clássicos gomos pretos e brancos transformados em estampas metálicas e artes gráficas com efeito texturizado, a Telstar 18 é definida como "um clássico reinventado". O nome original é inspirado na sua posição como "estrela da televisão" (TELevision STAR), em referência à Copa de 70 inaugurar a era das transmissões ao vivo do torneio pela TV.

Segundo a Adidas, é a primeira bola com chip NFC (Near Field Communication), tecnologia que permite a troca de informações entre dispositivos sem a necessidade de cabos ou fios (wireless), sendo necessária apenas uma aproximação física. O dispositivo permite interação com smartphones, tendo um número de identificação individual e habilitando conteúdos e informações exclusivas.

A estreia da Telstar 18 será na Rússia, no próximo sábado. Vai ser usada no amistoso entre Rússia e Argentina, em Moscou, às 11h (de Brasília). A partida marca a reabertura do estádio Luzhniki, palco da abertura, da grande final e de mais cinco jogos do Mundial.