NOTÍCIAS

Secretaria de Ação Social mantém campanha contra esmolas

02/11/2017
  Da Redação | Prefeitura de Franca
Foto: Divulgação
 
            Atuando em frentes de conscientização e de assistência social, a secretaria municipal de Ação Social contabiliza os primeiros resultados da campanha “Não Dê Esmola – Um Não que Transforma”.  As ações, realizadas diariamente pelas ruas da cidade, abrangem entrega de folhetos da campanha, abordagens e entrevistas com os moradores em situação de rua, oferecendo a eles, quando de outras cidades, a possibilidade de retorno à sua cidade de origem ou encaminhamento para entidades assistenciais ou instituições de tratamento a dependentes químicos, quando for o caso. O esforço social, que envolve também o Centro de Triagem e Apoio ao Migrante, unidade instalada no Terminal Rodoviário do Jardim América, possibilitou que mais de 50 moradores de rua retornassem, voluntariamente, para suas cidades. 
 
Segundo a secretaria de Ação Social, houve casos de pessoas que vieram de São Luiz do Maranhão e depois da conversa com os assistentes sociais aceitaram o auxílio para voltarem ao local de origem.
 
            Os responsáveis ressaltam que tudo vem sendo feito com muito cuidado e respeitando sempre a vontade de cada cidadão. Nada é forçado, as decisões são espontâneas e a Prefeitura apenas está auxiliando para que as pessoas possam viajar, fornecendo as passagens e orientações gerais. O secretário de Ação Social Vanderlei Martins Tristão reforça o apelo à população para que se mantenha firme no propósito de não dar esmolas, pois isso as incentiva a buscar apoio nos serviços sociais que o município oferece.
 
            Para dependentes químicos que desejam se tratar, é oferecido suporte e local de recuperação. No Centro de Apoio ao Migrante, havendo necessidade, os migrantes desamparados também recebem orientações sobre retirada de documentos, com opções de realizarem cursos de qualificação, de modo a serem inseridos no mercado de trabalho e no convívio social.