NOTÍCIAS

“O sermão do padre tem que ter fundamento. O povo cobra isso”

10/07/2019

  Da Redação | Aleteia

Foto: Divulgação

Postado por: Renata

pe. Zezinho postou as seguintes considerações sobre a necessidade de que os padres preparem com esmero as suas homilias:

 

PALAVRAS, SINAIS E GESTOS

Não sei como você pensa, mas catequese inclui palavras, sinais e gestos e testemunho.

A Bíblia descreve palavras e sinais e valoriza o testemunho e os gestos. Moisés fez isso. Os profetas fizeram isto. Jesus e os apóstolos fizeram isto. Os sinais seguiam as palavras. Mas as palavras apontavam para A PALAVRA DE DEUS. Eles apontavam para a mensagem essencial!

Por isso, um bom pregador que, na missa do domingo, em menos de 20 minutos oferece PALAVRAS E REFLEXÕES sobre os temas daquele domingo, se seguir os gestos e sinais da liturgia, terá evangelizado. Valorizou A PALAVRA.

O outro pregador, que não refletiu sobre o tema daquele domingo, e que encheu a missa de gestos e sinais alheios à celebração porque ele é competente em balanços, gingas, gestos e piadas, mas é pouco versado em exegese bíblica ou litúrgica, certamente deixa a desejar.

Nossa Igreja dedica 4 a 6 anos ensinando História, Sociologia, Liturgia, Teologia e Psicologia, na esperança de que os pregadores no mundo inteiro, em qualquer canto deste planeta, ajudem a refletir sobre as três leituras daquele domingo. É a nossa aula dominical na Universidade que se chama Igreja!

Certamente os fiéis não vão à missa para primeiro dançar, cantar e balançar os braços. Vão para OUVIR e CELEBRAR a liturgia daquele dia. O sermão do padre tem que ter fundamento. Há livros e livretos para isso!

Fui e sou professor de comunicação e sempre disse aos meus jovens ouvintes que há uma diferença entre falar PALAVRAS SOBRE DEUS ao microfone e refletir SOBRE “A PALAVRA DE DEUS” naquele microfone.

E este pensamento nem é meu. O jesuíta Padre Antônio Vieira disse isto em meados do século XVII, cerca de 1640. De pregar ele entendia! Isto porque lia muito e preparava seus sermões! Não havia mesmice nas suas pregações!

O povo cobra isso dos seus pregadores!

____________

Pe. Zezinho, via Facebook