NOTÍCIAS

Curso instrui sobre uso de redes sociais

12/06/2019

Da Redação | Câmara Municipal de Franca

Foto: Divulgação Câmara

Postado por: Wemersom Silva

Como divulgar informações de maneira impactante e eficaz em sites institucionais e nas redes sociais de parlamentares? Essa foi uma das perguntas respondidas no curso de Comunicação Legislativa, realizado na Segunda Feira, 10, na Câmara Municipal de Franca, por meio da sua Escola do Legislativo. O evento foi gratuito e os certificados de participação serão enviados ainda esta semana.
 
A oficina reuniu 30 participantes, sendo eles representantes do município de Franca (SP), Santa Ernestina (SP), São Carlos (SP) e São Sebastião do Paraíso (MG), e foi ministrada por Sérgio Lerrer. Ele é jornalista e editor do ProLegislativo, portal especializado em gestão pública e legislativa.
 
Durante o workshop, que aconteceu das 9h30 às 17h, foram ensinadas dicas de como o vereador pode fazer uso das suas redes sociais para alcançar um resultado mais efetivo. Lerrer também explicou o que os parlamentares devem fazer para evitar promoção pessoal, prática proibida pela Constituição Federal. Uma medida, por exemplo, é conhecer os limites do que pode ou não ser publicado nos veículos institucionais da Câmara Municipal.
 
Para facilitar a compreensão dos temas complexos, o palestrante realizou videoconferências com dois especialistas no assunto: o jornalista, professor da PUC-RS (Pontifícia Universidade Católica) e servidor do setor de comunicação da Câmara Municipal de Porto Alegre (RS), Elson Pedroso; e o professor e sócio-diretor do Instituto Gama de Gestão Pública e escritor, André Barbi de Souza. Ao final do evento, houve a distribuição gratuita do livro de Sérgio Lerrer, “Comunicação nas Câmaras Municipais”, e uma sessão de autógrafos.
 
 “Hoje em dia, uma boa parte do fazer da Administração Pública está ligado à comunicação. Tudo o que o poder público faz, ele precisa envolver a sociedade, para que aquela política seja efetiva de fato. E aí, o papel da comunicação no mundo moderno é alinhar as pessoas que não tem as mesmas informações mas precisam obtê-las, como forma de organizar a sociedade”, explicou Lerrer.