NOTÍCIAS

Tricentenário de Nossa Senhora Aparecida tem início com procissão

04/09/2017
Da Redação |  Santuário Nacional
Foto: Thiago Leon
 
 
As atividades litúrgicas organizadas pelo Santuário Nacional para as comemorações dos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida terão início já no mês de setembro. No próximo dia 8, uma procissão pelas principais ruas da cidade de Aparecida, seguida de uma vigília na Matriz Basílica, será o marco inicial das festividades.
 
Entre os anos de 1717 e 1745, período desde o encontro da Imagem nas águas do rio Paraíba do Sul à construção da primeira capela em sua homenagem, a Imagem de Nossa Senhora Aparecida peregrinou por pequenos oratórios e pelas casas dos pescadores que a encontraram. O percurso da procissão conduzirá os devotos por estes locais, partindo às 18h30 do prédio do atual Colégio Millenium, região onde se localizava a casa do pescador Felipe Pedroso, primeiro responsável pela Imagem.
 
"Podemos dizer que esta procissão vai passar por todos os lugares onde começou a história da devoção à Padroeira do Brasil, recordando também todos os envolvidos no começo desta devoção.", conta o Prefeito de Igreja do Santuário, padre Rodrigo Arnoso.
 
A chegada acontece na Matriz Basílica, onde haverá uma vigília mariana, com previsão de início às 20h. Na celebração, os peregrinos vão relembrar os primeiros anos da devoção à Padroeira do Brasil, bem como os milagres que impulsionaram o culto à Nossa Senhora Aparecida.
 
Peregrinação - Alunos de 51 escolas das cidades de Aparecida, Guaratinguetá e Potim receberão, a partir deste dia 1º, a visita da Imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida durante o horário letivo. A ida aos centros educacionais vai até dia 29 de setembro.
 
Padres e Irmãos da Congregação do Santíssimo Redentor, responsáveis pela condução pastoral e administrativa do Santuário Nacional, estarão presentes em duas escolas por dia, proporcionando momentos de oração e reflexão com os alunos. As atividades propostas são acompanhadas por uma equipe de voluntários da Fazenda da Esperança . Além dos momentos propostos pelos religiosos, cada escola prepara momentos culturais e de devoção para acolher a representação de Nossa Senhora Aparecida e envolver seus alunos.