NOTÍCIAS

Centenas de pessoas vão à mosteiro em busca de cura

02/06/2017

Thiago Rocioli | Enviado especial à São Paulo
Fotos: Thiago Rocioli | Vida Nova FM 

A Fraternidade Monástica dos Discípulos de Jesus para a Glória de Deus Pai, FMDJ, tem um nome longo. Grande também é seu trabalho missionário, tanto no campo espiritual quanto social, desenvolvido há 20 anos. A  comunidade, que está localizada na periferia de Santo Amaro (SP) tem o reconhecimento da Igreja e foi fundada pelo padre italiano Eugênio Maria La Babera.

Padre Eugenio Maria, conhecido como o padre que tem o dom de cura, teve uma experiência com Deus em um vilarejo chamado Medjugorje. Lá, sentiu o chamado à fundar um grupo de religiosos, que se dedicassem à oração. Depois de ter rezado muito e ter-se aconselhado com o papa João Paulo II, deu-se início a Fraternidade.

No âmbito social, as pessoas carentes da região e os moradores de rua recebem às terças-feiras o sopão, que é coordenado pelas monjas do Mosteiro da Visitação, instituição que faz parte da Fraternidade Monástica dos Discípulos de Jesus. Todo o trabalho é realizado por um grupo de voluntários.

Milhares de pessoas, vindas de diversas localidades, se reúnem neste espaço em busca do mesmo objetivo: serem curadas. Para ser possível atender a necessidade, mais de cinquenta voluntários trabalham na organização, produção de alimentos, venda de produtos, limpeza de sanitários, entre outras ações. A cada encontro são esperadas entre sete a dez mil fiéis.

SERVIÇO:

A Comunidade Hodie, de Franca (SP), fundada por padre Dalmácio Garcia com frequencia realizada caravanas ao mosteiro. Informações pelo (16) 99113-6052.